Pare de pedir permissão para aprender.

O desafio de todo aprendiz é encontrar o caminho para dominar um tema. Você pode aprender agora ou esperar o mercado te engolir.

Eu sou um daqueles loucos que topa um desafio antes mesmo de saber como fazer. Já aceitei job que não fazia ideia de como executar e no final foi um sucesso. Passou até no CBLoL!

Cuidado! Não adianta aceitar por aceitar. Saiba aonde está pisando. Pegar um job de edição de vídeo sem nunca ter aberto o Premiere ou Vegas é suicídio de carreira.

Isso me faz refletir quantas vezes na vida essa insanidade me ajudou a evoluir. Meu primeiro blog post foi um desastre e acredito que há muito mais a melhorar, no entanto o processo (quase) diário de escrever me faz conquistar experiência. Pouco adiantaria esperar meu professor de redação mandar eu fazer textos para um blog imaginário. Se eu não tivesse o entusiasmo de estar dedicado a um projeto, não existiriam os feedbacks do público e muito menos a percepção que somente o erro e acerto pode me proporcionar.

É comum entre universitários esperarem o período de uma determinada cadeira para começar a estudar. Um hábito que impõe o aprendizado passivo e sem iniciativa pela busca do conhecimento.

Além de que talvez a matéria que você sonha seja removida do curso antes da hora. É uma prática comum entre o MEC e universidades…

Tudo bem que existem pessoas que preferem estudar com professor e livro na mão, mas depender somente disso para uma área criativa traz um conhecimento pouco prático ou de pouca relevância para a realidade. O mercado precisa de acadêmicos, mas não para trabalho, infelizmente.

Existem pessoas que são geniais no que estudam e reproduzem grandes artigos científicos que agregam à comunidade de comunicação, se o sonho destas não for se tornar um pesquisador ou mentor da área, seu portfólio será muito distante do que o mercado exige que é rapidez e qualidade a baixo custo, INFELIZMENTE.

Não adianta esperar pelo conteúdo dentro da graduação e tirar ótimas notas. É necessário fazer cursos, procurar mentores, desenvolver portfólio e continuar praticando sem parar. Eu falo bastante sobre isso em ‘Qual caminho devo seguir para aprender design gráfico?’.

A empresa que você sonha em trabalhar não liga para seu texto sobre estética da arte contemporânea, isso não vende.

Pare de pedir permissão para aprender. Comece hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *